sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Recomeço


E não sabendo o que queria da vida, mesmo assim caminhou sobre o pôr-do-sol.
Apesar dos cortes internos e da respiração falha, estava disposta a começar de novo.
Com esperança de dias melhores, com saudades de ser o que nunca foi.

4 comentários:

  1. Ir, voltar, (re)começar.

    São músculos diferentes que se movem.

    ResponderExcluir
  2. Apreciei o blog. Super-feminino, o que é sempre interessante.
    Um beijo do observador.
    P.s. Quando nao sabemos o que queremos da vida, escrevemos. Alguns morrem sem saber e sao eternos.

    ResponderExcluir
  3. Que bonito tudo aqui :)

    gostei demais dessas imagens.

    ResponderExcluir