sexta-feira, 25 de junho de 2010

Do inferno, o paraíso


E agora eu encosto a cabeça no travesseiro e sonho acordada com você.
Ainda mais depois de ter ouvido você cantar, de suas palavras ecoando na minha mente.
Porque, assim como eu não sei rir sem mostrar os dentes, eu não sei ser feliz sem os seus passos nos meus dias, suas manias nas minhas noites.
E eu não precisarei de mais nada quando o tempo for seu.
Terei felicidade completa e amor de sobra.
Com você eu faria do inferno, o paraíso.
Você assim, comigo, sem mais, sem menos, apenas isso.
E juntos andaríamos pelo caminho errado, voltaríamos pelo caminho certo, pegaríamos um atalho ou daríamos voltas e voltas. Porque o sentido de tudo é você, não importa onde, nem quando, nem como.
Seria festa todos os dias. A música não pararia nunca.
E nós dois dançaríamos dias e dias, a dor iria embora.
As flores do meu vestido vão estar mais coloridas...
E o encanto em todos os lugares enquanto assim permanecer.
Enquanto sua mão estiver entrelaçada a minha.
Porque se você estiver, o resto não importa.
Não importa para mim, nem para você, meu começo, meu meio e meu fim.

2 comentários:

  1. E para os apaixonados, isso basta.

    ResponderExcluir
  2. "Porque se você estiver, o resto não importa."
    a gente vai descobrir isso...
    um beijo!

    ResponderExcluir